Empresa portuguesa assina memorando de entendimentos para estudar projetos de infraestrutura na Bahia
14/01/2021 09:28 em Todas

Após três dias de viagem institucional pelas regiões Oeste, Extremo e Baixo Sul da Bahia, o vice-governador João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico (SDE) assinou, nesta quarta-feira (13), memorando de entendimentos com o grupo de investidores portugueses da Future. A companhia pretende fazer estudos técnicos de projetos de infraestrutura no Estado da Bahia. Estiveram presentes na assinatura os secretários da Infraestrutura, Marcus Cavalcanti e do Planejamento, Walter Pinheiro e o diretor de Administração e Finanças da Bahiainveste, Ataíde Oliveira. 

 

"O objetivo do governo da Bahia é continuar atraindo mais investimentos para o estado e por isso estamos firmando este memorando de entendimentos com o grupo português Future, com o objetivo de iniciarmos estudos técnicos na área de infraestrutura a exemplo da viabilidade das duplicações da BR 242 e da BA 001, saindo de Luís Eduardo Magalhães sentido Porto Seguro. Essas duplicações visam impulsionar o desenvolvimento agrícola na região Oeste e o turismo no Litoral Sul da Bahia", declara o vice-governador João Leão, secretário da pasta. 

 

De acordo com João Andrade, CEO Future, as expectativas da holding estão relacionadas com o potencial da Bahia. “Estes três dias de visita que fizemos ao estado nos mostraram um potencial gigantesco e que ser for aproveitado, conseguirá projetar a Bahia em níveis muito acima do que está hoje em dia, com reflexos positivos para a população. Nossa expectativa é estarmos aqui como parceiros, olhando para as oportunidades de investimentos e atrair outros investidores, promover o desenvolvimento no estado, na estreita articulação com o que for objetivo do governo. Essa é a nossa perspectiva e estamos entusiasmados com o que estamos vendo”, afirma. 

 

Durante a missão de negócios, o governo do Estado apresentou à Future, uma das maiores empresas de planejamento de obras de Portugal, projetos de duplicação de BRs e BAs, incluindo a que interligará a ponte Salvador-Itaparica ao Sul da Bahia e as instalações do aeroporto de Porto Seguro. A holding tem como expertise o desenvolvimento de engenharia aeroportuária e já executou diversos projetos em todo mundo. 

 

 

Blogbraga/Ascom/SDE

COMENTÁRIOS